Você está aqui: Primeira Página CADERNO MÍDIA
edição de 21.03 a 28.03 de 2009

  CADERNOS

 Campus
 Ciência/Tecnologia
 Cultura
 Geralis
 Mídia
 País
 Porto
 Regional
 Saúde
 Primeira página



  INTERNATIONAL 

 U-Wire


  OUTROS SERVIÇOS

 UNISANTA Online WAP
 UNISANTA Online RSS

 Podcast do Online



  CONTATO

 Sugira uma pauta
 
Colabore conosco
 
Escreva para nós


  O ONLINE

 Arquivo
 
História
 
Eleições 2004
 Eleições 2006
 
Parceria InfoSpace
 
Parceria U-Wire
 Expediente



  ADICIONE-NOS

 Na lista de Favoritos
 Como sua página inicial



 

 

 

 

 

 
imprima esta página
indique esta matéria para um amigo
A invasão do cinema indiano pelo mundo
sábado, 21 de março de 2009

Fernanda Barreto

 Divulgação

A Índia nunca esteve tão em evidência como em 2009. Após um filme vencedor do Oscar inspirado no cinema indiano, a maior indústria do cinema virou mania mundial, tanto é que a Warner Bros, em parceria com a Turner, pretende lançar um canal dedicado 24 horas por dia aos filmes e séries de Bollywood.

Mas a história do cinema indiano não é algo recente.

Como surgiu - O nome Bollywood surgiu da fusão do nome Hollywood com o da cidade de Bombain (atualmente Mumbai) e esse, hoje, é o nome dado a toda a indústria de cinema de língua hindi, embora também seja válido para todo o cinema indiano falado em outras línguas do país.

O primeiro filme feito na Índia foi o Raja Harishchandra, que era mudo e foi produzido em 1913. Na década de 1930, eram feitos cerca de 200 filmes por ano; e foi só em 1931 que foi lançado o primeiro filme sonoro, o Alam Ara. Desde então, Bollywood ficou conhecida pelos filmes musicais, regados com muitas coreografias, músicas e misticismo. Há uma grande variedade de filmes produzidos por lá, desde comédia até terror. A mania se espalhou nos países da antiga União Soviética, seguiu pelo resto da Europa, Estados Unidos e agora chega a América do Sul.

De Bollywood para o mundo - Alguns atores indianos ou de família indiana são conhecidos mundialmente, como é o caso de Aishwarya Rai, eleita Miss Mundo em 1994, antes de entrar para a carreira de atriz. Rai é bastante popular fora da Índia, participando inclusive de produções hollywoodianas como A pantera cor de rosa 2 e A última legião. Em Bollywood, foi reconhecida como ícone do cinema indiano e ganhou um Filmfare Award, o Oscar indiano por sua interpretação no filme Devdas.

Atualmente, os `atores sensação` made in India são Dev Patel e Freida Pinto, as duas estrelas do filme “Quem quer ser um milionário?”. Patel e Freida são estreantes nas telonas do cinema.
A protagonista Freida, nascida em Mumbai, era modelo e começou na carreira de atriz há pouco tempo. Woody Allen escalou a moça para atuar em seu novo filme que será filmado em julho, com atores de peso como Naomi Watts, Anthony Hopkins e Antonio Banderas.

Patel iniciou sua carreira de ator na série Skins, em 2006. O rapaz tem no currículo uma indicação ao BAFTA Television Awards pelo papel.

Slumdog - O filme vencedor de oito Oscars, “Quem quer ser um milionário” (Slumdog Millionaire) mostra a história de Jamal Malik (Dev Patel), um rapaz favelado que resolve participar do show de TV “Quem quer ser um milionário”, e a partir de sua participação no programa, a história se desenrola mostrando flashbacks de sua infância sofrida com o irmão e sua amada Latika (Freida Pinto), conforme as perguntas que ele responde. O diretor é o inglês Danny Boyle, de filmes como Trainspotting, Extermínio e A Praia.

A trilha sonora do filme foi composta por A.R. Rahman, entre elas Jai Ho, a música que venceu o Oscar de Melhor Canção em 2009, que inclusive ganhou uma versão pop cantada pelo grupo The Pussycat Dolls.

No Brasil, o filme foi bem aceito pelo público. A estudante de Ensino Médio Ana de Oliveira comenta que o filme tem uma essência de Hollywood, mas “a forma como ele foi gravado intensifica a atmosfera de Bollywood”. Contudo, ela também acha que “o tempo de duração é longo demais”. Para a estudante de economia Sara Pereira, o filme não é inspirado nem em Hollywood nem em Bollywood, "o que é ainda melhor”, diz.

Bollywood no Brasil? - A novela Caminho das Índias tem como cenário uma cidade do estado do Rajastão e a história tem foco no casal Bahuan (Márcio Garcia) e Maya (Juliana Paes). A novela de Glória Perez é inspirada nos grandes filmes bollywoodianos, repleta de cenas de dança e mostrando grande parcela da cultura indiana.

A estudante de Educação Física Fernanda Lopes acha que a novela mostra um lado fantasioso da Índia para atrair o público, mas com alguns toques de realidade. “A novela, em termos de história e produção visual, lembra Bollywood, mas com algumas diferenças”, diz.

Um filme bollywoodiano já foi gravado no Rio de Janeiro, em 2006, chamado Dhoom:2-Back in Action. O filme de ação conta sobre um ladrão denominado Mr. A (Hrithik Roshan), que é procurado pela polícia após roubar uma coroa inglesa de preço inestimável. O rapaz conhece Suhneri (Aishwarya Rai), que na verdade trabalha para a polícia disfarçada, e ela se infiltra no seu mundo de crimes. Foi o primeiro filme de Bollywood gravado em terras brasileiras.

Índia na Internet - A fama de Bollywood no Brasil também se deve a paródias de algumas músicas cantadas por atores indianos, que foram traduzidos para o português em vídeos no YouTube. O mais famoso e visto é a tradução de Kalluri Vaanil, do ator Prabhu Deva. O vídeo é conhecido como Rivaldo, sai desse lago. A partir deste, várias paródias foram colocadas no YouTube, entre elas a tradução de Tunak Tunak Tun, de Daler Mehndi, conhecida por Tônico com Guaraná e o Thriller indiano “Golimar”, também de Deva.

Brincando de Bollywood - O site Grapheine’s Bombay TV disponibilizou vários trechos de filmes sem legenda, para que o visitante faça seu próprio diálogo. O que é uma cena dramática pode tornar-se cômica; é um meio de brincar com os filmes bollywoodianos, mostrando que o que vale é a imaginação.


Outras reportagens do caderno Mídia:

 Ronaldo `fenômeno` é notícia ou entretenimento?
 Crepúsculo é o novo fenômeno da cultura pop


 

 

 

 

DESTAQUES

RESUMO DA EDIÇÃO 
Assista agora


NOVIDADES 

Pioneiro em seu segmento, o UNISANTA Online publica uma versão XML de suas reportagens semanais.
Leia mais


ONLINE RSS 

Pioneiro em seu segmento, o UNISANTA Online publica uma versão XML de suas reportagens semanais.
Leia mais


PODCAST DO ONLINE 

Sempre realizando experiências com as mais recentes tecnologias disponíveis, o UNISANTA Online inicia a publicação de matérias especialmente desenvolvidas para podcast.
Leia mais


NO CAMPUS 

UNISANTA Notícias
Página contendo as últimas novidades da universidade em informes elaborados pela Assessoria de Comunicação da UNISANTA.

Visita virtual 360º
Faça agora mesmo uma visita virtual ao campus da UNISANTA e visualize seus ambientes em 360º.

Primeira Impressão
Jornal-laboratorial elaborado por alunos do quarto ano do curso de Jornalismo da Universidade Santa Cecília.

mais sites

 

UNISANTA Online - Jornal-laboratório da Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade Santa Cecília (FaAC)
Correspondência: UNISANTA Online - Rua Oswaldo Cruz, 266 - Boqueirão - Santos - SP.
© 1994-2009 Universidade Santa Cecília - Todos os direitos reservados. Reprodução de textos permitida mediante autorização.
As matérias publicadas são de inteira responsabilidade dos alunos-repórteres, sob a coordenação dos respectivos
professores-orientadores - não representando, portanto, a opinião da Universidade.