CADERNO REGIONAL  
edição de 29.10 a 06.11 de 2005

  CADERNOS

 Ciência/Tecnologia
 Colaboradores
 Cultura
 Geralis
 Mídia
 País
 Regional
 Saúde
 Primeira página



  OUTROS SERVIÇOS

 UNISANTA Online WAP
 UNISANTA Online RSS




  CONTATO

 Sugira uma pauta
 
Colabore conosco
 
Escreva para nós


  O ONLINE

 Arquivo
 
História
 
Eleições 2004
 
Parceria InfoSpace
 
Parceria U-Wire
 Expediente



  ADICIONE-NOS

 Na lista de Favoritos
 Como sua página inicial



 

 

 

 

 

 
imprima esta página
indique esta matéria para um amigo
Caminho de Volta é implantado na Baixada
sábado, 29 de outubro de 2005

Michelle Schneider

 Reprodução

O desaparecimento de uma criança ou adolescente é um dos piores pesadelos que o pai e uma mãe pode ter. Infelizmente, de acordo com dados do Governo Federal, 30 mil crianças desaparecem por ano no País. E conforme a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), só no Estado de São Paulo este número chega a oito mil.

Com intuito de tentar diminuir estes índices e auxiliar pais e mães a reencontrarem seus filhos desaparecidos, foi implantado aqui na Baixada o projeto Caminho de Volta, que já estava disponível na capital e em outras cidades do Estado desde o ano passado.É desenvolvido pelo Centro de Ciências Forenses (CEINFOR) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e conta ainda com parceria dos Governos Federal e Estadual.

De acordo com o psicólogo e um dos coordenadores do Caminho de Volta, Marcelo Moreira Neumann, a iniciativa, que une a Biotecnologia e a Informática, tem por objetivo criar um banco de dados genéticos para que se identifique, corretamente, a família da criança quando localizada. O projeto funciona da seguinte forma: “Em Santos, as famílias serão encaminhadas para o Palácio da Polícia Civil, onde será feito um atendimento pela equipe responsável pelo projeto. Depois, um psicólogo dará todas as informações sobre o Caminho de Volta e, se a família quiser participar, assinará um termo de consentimento”.

Depois disso, a família responderá um questionário para determinar as causas do desaparecimento e, para que seja feita a identificação genética dos pais, será coletada uma amostra de sangue deles.

Neumann diz ainda, que após a família ter feito isso, todo o material recolhido é enviado para a FMUSP, CEINFOR. Lá, uma equipe continua no atendimento das famílias por, pelo menos, em três retornos. Se o desaparecido não for encontrado o caso fica arquivado no Banco de Dados e é encaminhado para a Rede enquanto que a assistência psicológica e o suporte de investigação continua.

Quanto ao número de casos cadastrados no Caminho de Volta, o coordenador afirma que, no Estado de São Paulo, “em um ano de projeto foram cadastrados mais de 190, mas pelo Banco de DNA ainda não conseguimos reencontrar alguma criança ou adolescente”. Já aqui na Baixada, o psicólogo afirma que foram poucas pessoas que se cadastraram e que ainda não há um número exato de casos.

Em relação às causas dos desaparecimentos, Neumann afirma que os fatores que mais contribuem para que crianças e adolescentes abandonem suas casas são a violência doméstica, os maus tratos e conflitos que ocorrem dentro de casa. Outro fator que contribui para isso é o fato de os “pais estarem cada vez mais ausentes, por causa da grande quantidade de horas que passam fora de casa, para prover as necessidades básicas da família”.


Outras reportagens do caderno Regional:

 Santos se prepara para realizar pré-temporada no CT


 

 

 

 

DESTAQUES

POUCAS E BOAS 


FOMOS LÁ... 

 Junte-se a pessoas iguais a você através do Yahoo Grupos
 Primeiro site sobre casa mal-assombrada
 Após referendo, entenda a crise política


ONLINE RSS 

Pioneiro em seu segmento, o UNISANTA Online publica uma versão XML de suas reportagens semanais.
Leia mais
 

ONLINE WAP 

Conheça agora mesmo o UNISANTA Online WAPOs destaques da programação cultural da Baixada Santista e as manchetes da edição web estão no UNISANTA Online WAP, o primeiro Jornal Laboratório  disponível para dispositivos móveis.
Leia mais
 

NO CAMPUS 

FaAC
Site da Faculdade de Artes e Comunicação (FaAC), mantenedora dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Gestão em Moda da UNISANTA.

UNISANTA Notícias
Página contendo as últimas novidades da universidade em informes elaborados pela Assessoria de Comunicação da UNISANTA.

Visita virtual 360º
Faça agora mesmo uma visita virtual ao campus da UNISANTA e visualize seus ambientes em 360º.

Primeira Impressão
Jornal-laboratorial elaborado por alunos do quarto ano do curso de Jornalismo da Universidade Santa Cecília.

Portocidade
Uma viagem inesquecível pelos cinco séculos da cidade de Santos.

Benedicto Calixto
Conheça a belíssima Pinacoteca Benedicto Calixto, cuja sede é um casarão do início do século restaurado e conservado como um dos últimos exemplares das moradias dos barões do café.

mais sites

 

UNISANTA Online - Jornal-laboratório da Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade Santa Cecília (FaAC)
Correspondência: UNISANTA Online - Rua Oswaldo Cruz, 266 - Boqueirão - Santos - SP.
© 1994-2005 Universidade Santa Cecília - Todos os direitos reservados. Reprodução de textos permitida mediante autorização.
As matérias publicadas são de inteira responsabilidade dos alunos-repórteres, sob a coordenação dos respectivos
professores-orientadores - não representando, portanto, a opinião da Universidade.